RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 18 de abril de 2017

Campo de concentração de retirantes deve ser tombado em Senador Pompeu

 FOTO: Divulgação/MPCE
Com o objetivo de proteger o patrimônio histórico-cultural da cidade de Senador Pompeu, cidade distante 273 quilômetros de Fortaleza, o Ministério Público do Estado do Ceará firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura do município para promover o tombamento de diversos pontos históricos da região. Na lista de locais citados no acordo estão o sítio arquitetônico da “Barragem do Patu”, a “Vila dos Ingleses”, o “Cemitério” e o “Campo de Concentração do Patu”, além do registro do bem imaterial da “Caminhada das Almas”.
Segundo o promotor de Justiça do Juizado Especial de Senador Pompeu, Geraldo Nunes Laprovitera Teixeira, um inquérito civil público e um relatório técnico foram realizados pelo MP/CE e concluíram que o tombamento do “Campo de Concentração” é benefício para a defesa da cultura e história cearenses, por apresentar “inegável valor histórico-cultural”. O município assinou o TAC e, em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 5 mil por mês.

História
Segundo relatório do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a área foi utilizada para instalação de um campo de concentração em 1932, retendo retirantes que iam para Fortaleza na tentativa de fugir da seca.
Segundo o documento, ainda existem sobreviventes que passaram pelo lugar. Dos sete campos de concentração existentes no Ceará, à época, o de Senador Pompeu foi o segundo maior, com uma população de 20 mil pessoas.