RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Após protesto contra a Cagece: Câmara reivindica que Ministério Público realize audiência pública para tratar da problemática do abastecimento de água em Catarina.

Foto - Diomar Araújo / arquivo do Blog do Diomar Araujo


A Câmara Municipal de Catarina, reivindicou ao Ministério Público, através de ofício, que fosse realizada audiência pública para tratar da problemática no abastecimento de água em Catarina.


A Câmara solicitou, através de ofício, a presença de representantes da CAGECE na última Sessão Ordinária para que fossem prestados os devidos esclarecimentos. Contudo, a entidade alegou impossibilidade de comparecimento. Por fim, esgotado o que nos permitia e não sendo possível o comparecimento de representes CAGECE para que fossem dadas as devidas respostas aos anseios da sociedade e para que fossem acordados serviços estratégicos para a resolução dos problemas, a Edilidade Municipal, representante legal dos Catarinenses, 
repassa ao Ministério Público este pedido da grande maioria dos nossos cidadãos.

Segue o texto na íntegra do ofício enviado:


Ofício n°. 072/2017-CMC 
Catarina, Ceará, 17 de outubro de 2017.


A Sua Excelência o Senhor
Herbet Gonçalves Santos
Promotor de Justiça da Comarca de Catarina
Rua João Ferreira dos Santos 


Assunto: Solicitação de realização de audiência pública.



Senhor Promotor,


Representando todos os componentes da Edilidade Municipal, venho solicitar a Vossa Excelência que a Promotoria de Justiça da Comarca local realize audiência pública convocando Poderes Executivo e Legislativo, representantes da Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (CAGECE) e a sociedade. O intuito da presente solicitação é de que sejam prestados os devidos esclarecimentos a população sobre a problemática do falho abastecimento de água da sede da cidade e demais reclames dos munícipes quanto ao assunto.

Nas últimas Sessões Ordinárias, principalmente na última, realizada por esta Casa Legislativa, a população compareceu em grande número protestando contra a CAGECE local. Os populares tiveram espaço aberto na tribuna e relataram indignação por não estarem recebendo água nas suas residências, algumas até por mais de um mês sem receber o líquido, entretanto, as contas estavam sendo enviadas normalmente para efetivação do pagamento. Além disso, citaram a omissão de respostas da CAGECE quanto às reivindicações, cobrando que fosse feito um cronograma de abastecimento por bairro e respostas sobre o pagamento das contas.


Atenciosamente, Antonio Gelsimar Leite - Presidente da Câmara.

Por  - Assessoria de Imprensa e Comunicação da Câmara Municipal de Catarina.

Sérgio Gonçalves e Davidson Andrade.