RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Moradores de Catarina voltam a protestar contra a Cagece e recebem apoio da Câmara de Vereadores: diretores do órgão foram convidados para sessão e não compareceram.

Foto - Vereador Dr. Renan Barros Guedes 

Por mais uma vez dezenas de famílias que residem na sede do município de Catarina foram às ruas, nesta quarta-feira (11),  em forma de protesto devido à falta de água na cidade, que segundo eles, ocasionada pela má distribuição por parte da Cagece, já que, quatro poços profundos estão ejetados na rede da adutora com vazão de pouco mais de 35 mil litros de água por hora, e não há um controle na distribuição afetando alguns bairros e vilas que estão sem água nas torneiras há mais de um mês.

O protesto mais uma vez foi organizado pelos moradores dos bairros afetados e seguiu em direção a Câmara Municipal de Catarina onde foram recepcionados pelos vereadores durante sessão ordinária da Casa Legislativa.

O foco dos moradores era cobrar diretamente do diretor regional da Unidade de Negócios da Bacia do Alto Jaguaribe – Unbaj, Senhor Adeilson Rolim, que foi convidado através de oficio da Câmara Municipal a comparecer à sessão, mas, em oficio enviado à Casa Legislativa deste município, alegou impossibilidade de comparece ou mandar um outro representante.

Foto - Vereador Dr. Renan Barros Guedes
O presidente da Câmara Municipal de Catarina, Antonio Gelsimar Leite (Dedé Sólon), o vice-presidente, Francisco Flaudineudo Pereira da Silva (Dineudo), 1º Secretário, Dr.  Francisco Augusto Oliveira Paes de Andrade,  2º Secretário, Antonio Rodrigues Teixeira (André), Antonio Fernando Araújo Rodrigues,  Dra. Fernanda Ribaisa Custódio Benevides, Dr. Renan Barros Guedes, Rivelino Mendonça dos Santos, Virgílio Holanda Lima Netto e Wiilyan Karol de Amorim Duarte,  recepcionaram os manifestantes que lotaram o auditório da casa e, usaram da tribuna para manifestar a indignação contra a Cagece.
Em comum acordo entre manifestantes e vereadores foi elaborado um abaixo assinado e entregue a organização do minifesto para posteriormente ser encaminhado ao Ministério Público do Ceará – MPCE, comarca de Catarina e a direção estadual da Cagece / Unidade de Negócios da Bacia do Alto Jaguaribe – Unbaj.

Governo do Estado do Ceará garante apoio a perfuração de poços profundos na sede e zona rural do Municipio de Catarina.

Foto - Prefeito de Catarna Dr. Thiago 
Atento a problemática da falta de água na sede e zona rural do município  Catarina, o prefeito municipal Dr. Thiago Paes de Andrade Rodrigues, esteve reunido com o Chefe da Casa Civil do Governo do Estado do Ceará, Nelson Martins, nesta quarta-feira (11), buscando apoio do Governo do Estado na continuação da perfuração de mais poços profundos para o abastecimento de água da sede do município de Catarina, a qual foi garantido o apoio do Estado.

Como prometido, a Prefeitura Municipal de Catarina, apesar das dificuldades, já está providenciando a perfuração de poços profundos com recursos próprios na sede e zona rural. Juntando esses esforços, o prefeito de Catarina, Dr. Thiago Paes de Andrade Rodrigues, recebeu do Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Nelson Martins, a garantia de apoio do Governo do Estado na perfuração de mais outros poços na sede e zona rural do município de Catarina.

De acordo com informações do prefeito Dr. Thiago, serão contemplados os seguintes locais, na sede: os Bairros: Lagoinha, Vila Macário, Vila Nova e Balanças.

Zona rural: São Gonçalo, Olho D'água, Riacho Seco, Boa Vista, Timbaúba, Carnaúba, Cavalo Magro, Lagoa do Arroz, Chapada, São Francisco, Baixa Grande, Sítio Retiro, Monte Alegre, São Domingos, Açudinho, Poço da Cruz, Cruz, Manto, Itans e Marrecas. Dr. Thiago também cobrou sobre a atuação da Cagece no município de Catarina e, repassou algumas sugestões ao secretário Nelson Martins.

Além disso, o prefeito de Catarina continua cobrando do Ministério da Integração Nacional a liberação da verba para a construção da Adutora do Arneiroz II, para que os recursos sejam liberados e, também para a construção da adutora que beneficiará as comunidades de Chapada, São Francisco e São Feliz.



áudios