RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Cid desiste de concorrer ao Senado e surpreende: defende aliança com Eunício

Foto - Ceara News 
ex-governador Cid Gomes (PDT) numa atitude política dúbia prestigiou, hoje (28), a festa de 60 anos de emancipação de Hidrolândia. Sua presença gerou especulações sobre a vontade de Cid substituir o governador Camilo Santana (PT) como candidato ao Abolição.
Surpreendentemente, Cid, ao conceder entrevista ao blog SD Notícias, revelou a sua desistência de disputar o Senado em 2018 e anunciou que suas prioridades é reeleger o governador Camilo Santana e levar o irmão Ciro Gomes ao segundo turno na disputa pela presidência da República.




“Eu tenho duas pretensões, mas as duas não dizem respeito a mim diretamente. A minha grande pretensão, o meu grande projeto, a minha grande luta é que o Ciro possa ter uma grande votação, uma boa votação para presidente da República […] E a outra preocupação, o outro trabalho, a outra pretensão que eu tenho é pela reeleição do Camilo”.Outra surpresa desta quinta-feira (28) foi o recuo de Cid em relação à aliança com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB). O cacique dos Ferreira Gomes no Estado elogiou o senador e não se opôs à aliança com Camilo para 2018. O ex-governador lembrou a aliança com Eunício em 2010, quando foi reeleito ao Abolição, e o medebista foi eleito ao Senado.

“Vivemos hoje um momento em que é fundamental, penso eu, que a gente abra mão daquilo que é projeto pessoal em nome do projeto do Estado fazer melhorias e trazer benefícios para o Estado do Ceará. Então, em nome disso, o Camilo procurou o Eunício, o Eunício tem ajudado em diversos pleitos junto ao governo federal. Se disso aí vai resultar uma aliança para 2018, só o tempo que vai dizer”.