Ex-prefeito de Iguatu Elmo Moreno morre aos 92 anos; Prefeitura decreta luto por três dias

Foto de Jan Messias
Morreu no fim da tarde desta quarta-feira, 7, no Hospital São Mateus, em Fortaleza, o empresário do segmento agropecuário, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Iguatu, João Elmo Moreno Cavalcante, 92 anos. O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, anunciou em redes sociais que decretou luto oficial por três dias e feriado na data de seu sepultamento, que ainda será definida.  “Elmo Moreno deixa um legado de serviço ao povo que será sempre lembrado”, ressaltou Ednaldo Lavor. “Foi um grande líder político”. Durante vários anos, Elmo Moreno foi gerente do Banco do Brasil. Fundou em 1968, em Iguatu, junto com os irmãos, Raimundo Moreno e José Edésio Moreno, a empresa de venda de implementos agrícolas – A Moreno S.A., que depois passou também a fabricar implementos.

Elmo Moreno foi prefeito de Iguatu entre 1977 a 1982. Durante o seu mandato realizou vários obras de infraestrutura: asfalto nas ruas, urbanização do Largo da Telha e do esgoto da Avenida Agenor Araújo até as proximidades do Quartel da Polícia Militar, implantou a avenida Perimetral, construiu o estádio Morenão, o antigo CSU, o Terminal Rodoviário Senador Fernandes Távora, obras de pavimentação, construção de praças.  
Foi eleito deputado estadual em 1984. Foi sócio fundador da Rádio Jornal Centro-Sul. Implantou a Agropecuária Chapada do Moura, unidade de produção de leite, sorgo e milho.

por