sexta-feira, 13 de abril de 2018

Ceará registra menor índice de ataques a bancos no 1º trimestre desde 2012

Mesmo com as explosões, 2018 registrou o menor índice de ataques desde 2012.  (Foto: Reprodução/TVM)
Foto - TV Verdes Mares 


O número de ataques a bancos e carros-forte caiu 47,4% no primeiro trimestre deste ano em comparação com os três primeiros meses de 2017 no Ceará, segundo divulgou o secretário da Segurança Pública, delegado André Costa. Com 15 ataques, 2018 teve o menor índice de ações desde 2012, também segundo dados do Sindicato dos Bancários do Ceará. No primeiro trimestre do ano passado, conforme o sindicato, foram 22 crimes contra bancos (-31%). Já em 2016, foram 17 ações criminosas contra instituições financeiras. Os números incluem explosões, roubos e furtos de caixas eletrônicos.

Na quarta-feira (11), a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) divulgou que nove pessoas foram presas suspeitas de participação em crimes contra clientes e agências bancárias no estado. As prisões são o resultado de três ações conjuntas das polícias Civil e Militar e Polícia Rodoviária Federal, em Fortaleza e no interior do Estado.
O secretário destacou a integração dos órgãos da Segurança Pública do Ceará, como as polícias civil e militar, com a Polícia Federal e PRF, principalmente nas divisas do estado.
"Vamos continuar com esse grande esforço, compreendendo todo o prejuízo que causa ao comércio e aos cidadãos de bem, principalmente no interior do estado", comentou o secretário.