sexta-feira, 20 de abril de 2018

Exército pretende suspender temporariamente abastecimento de água via carro pipa em Catarina mas encontra resistência da Prefeitura e Defesa Civil municipal.

Foto - Diomar Araújo / Blog do Diomar Araujo

Um oficial do 40º Batalhão de Infantaria do Exército, em Crateús, responsável pelo abastecimento de água e fiscalização dos carros pipa na região dos Inhamuns, esteve nesta quarta-feira (18), reunido com o secretário chefe de Gabinete da Prefeitura de Catarina e coordenador municipal da Defesa Civil, Elkeson Soares, falando sobre a possibilidade de suspender temporariamente o abastecimento de água em algumas localidades do município de Catarina. Para o Exército, com as chuvas caídas recentemente na zona rural do município de Catarina houve recarga de água nos açudes e, por tanto daria para anteder as famílias. Já para o secretário chefe de Gabinete da Prefeitura de Catarina e coordenador municipal da Defesa Civil, Elkeson Soares, não há razão para a suspensão temporária do abastecimento de água via carro pipa na zona rural do município de Catarina mesmo que seja em algumas localidades. Elkeson enfatiza que caso o Exército e a Defesa Civil Estadual suspendam temporariamente o abastecimento de água via carro pipa vai afetar de cheio as famílias que residem nas comunidades rurais.

 Está marcado para logo mais as 09h, da manhã uma reunião na Prefeitura de Catarina com representantes do Exército, dos pipeiros, apontadores, Comdec, Defesa Civil Municipal, secretários e membros do Comitê de Combate a Crise Hídrica em Catarina e a imprensa, para definir de fato se a operação carro pipa em Catarina continuará ou será temporariamente suspensa. A reunião será coordenada pelo secretário chefe de Gabinete da Prefeitura de Catarina e coordenador municipal da Defesa Civil, Elkeson Soares.

Reportagem – Diomar Araújo / Blog do Diomar Araujo.