RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 22 de maio de 2018

Quadra chuvosa do Ceará deve ficar dentro da média histórica, diz Funceme

Chuvas começam a escassear no Ceará  a 10 dias do fim da quadrada chuvosa, que vai de fevereiro a maio. (Foto: Ilo Santiago Júnior/Arquivo Pessoal)
Foto: Ilo Santiago Júnior/Arquivo Pessoal

A 10 dias do fim da quadra chuvosa no Ceará – que vai de fevereiro a maio – o volume de chuvas que ocorreram estão dentro da média histórica e assim deve permanecer até 31 de maio. "Até esta segunda-feira (21), choveu no estado 580 mm, o que representa um desvio de -3%, o que ainda é considerado dentro da média", explica o meteorologista Davi Ferran, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A média histórica para o período é de 600mm.

De fevereiro a maio, houve uma distribuição irregular das chuvas no estado. A região onde elas foram mais abundantes foi no Litoral Norte, com 13% acima do previsto.
Com 9% a mais que a média esperada para o período, as chuvas registradas na Região do Cariri foram responsáveis por um aporte de água significativo no açude Castanhão, um dos principais responsáveis pelo abastecimento de Fortaleza e Região Metropolitana. O açude, que chegou ao volume morto em 2017, hoje está com 8,64% da capacidade de armazenamento.

Em terceiro lugar, no volume de chuvas, está a Região do Jaguaribe, com 4% a mais que o esperado. Na sequência, estão as Regiões da Ibiapaba e do Maciço de Baturité, com 3% acima da média histórica. Na outra ponta, as regiões onde as precipitações ficaram abaixo do esperado, estão o Litoral do Pecém, com -9%, o Sertão Central e Inhamuns, com -4% e Litoral de Fortaleza, com -3%.
Previsão
Após um fim de semana com poucas chuvas, a semana começa com predominância de nebulosidade variável no Ceará, pelo menos, até a próxima quarta-feira (23), conforme previsão da Funceme.

Para esta segunda, os modelos numéricos indicam eventos de chuva começando no período da tarde seguindo até a noite, principalmente no centro-norte do estado, que compreende a faixa litorânea, a serra de Ibiapaba, além de parte do Sertão Central.
Apesar da previsão de precipitações, elas deverão ser de baixa intensidade. Há ainda possibilidade de chuva no sul do Estado.

Nesta terça-feira (22), a previsão é semelhante à de segunda-feira, mas sem possibilidade para sul. Já na quarta, os modelos apontam possibilidade de chuva na faixa litorânea e céu parcialmente nublado nas demais regiões, isto é, o céu ficará mais claro ao longo do dia, pois não há previsão de acumulados consideráveis, segundo a Funceme.