domingo, 15 de julho de 2018

Agentes de endemias intensificam trabalhos em estabelecimentos comerciais de Catarina; índice de infestação diminuiu de 4,4% para 1,8%; segundo Branco Holanda, supervisor de endemias.

O Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti – LIRAa, em 2017 foi de 4,4% e no mesmo período deste ano, é de 1,8%. Foto - Blog do Diomar Araujo


A prefeitura de Catarina e a Secretaria Municipal de Saúde, através do Setor de Combate as Endemias continuam trabalhando incansavelmente no combate ao mosquito Aedes aegypti, na prevenção das doenças como Dengue, Zika e Chikungunya que são transmitidas pelo mosquito. Neste último ciclo realizado pelos agentes de endemias, os trabalhos foram concentrados nos estabelecimentos comerciais.  

 Graças aos esforços do poder público municipal com apoio da Secretaria de Saúde do Estado, a participação da população e os trabalhos dos agentes municipais de endemias, os números do último Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti – LIRAa, caiu bastante, sedo que nas localidades de Sítio Repouso, Pajeú, Vila Figueiredo e Distrito de São Gonçalo, os índices divulgados foram zero.

Já no centro da cidade e nos bairros Macário, Lagoinha, balanças e no Sítio Retiro o índice de Infestação do Aedes aegypti ficou entre 1,28% e 2,09%, foi o que disse o supervisor municipal de Endemias em Catarina, Branco Holanda, durante entrevista para os programas Portal de Notícias 1ª e 2ª Edição, as 07h e as 11h30, respectivamente, na Rádio Portal FM de Catarina. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário