quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Saiba o que pode e o que não pode na campanha eleitoral 2018


Eleitor precisa ficar atento na hora de externar a intenção de voto (FOTO: Reprodução TV Jangadeiro)
Foto - reprodução TV Jangadeiro 
O Tribunal Regional Eleitoral já está atento às irregularidades que podem surgir durante as campanhas dos candidatos. É preciso seguir as regras: está proibida propaganda eleitoral em bens públicos como postes, viadutos e paradas de ônibus. Também não pode em árvores, jardins, ônibus e táxis. O TRE não permite a utilização de outdoors, telemarketing e realização de showmícios. A propaganda nos muros particulares não pode ser pintada. A propaganda no rádio e na televisão fica restrita ao horário eleitoral gratuito.


Na internet, é permitida apenas a veiculação de conteúdo não pago em site, blogs e redes sociais de candidatos ou coligações.

A propaganda pode ser feita por folhetos, comícios das 8h às 24h. Por meio de auto-falante ou amplificadores das 8h às 22h. Circulação de carro de som, respeitando o limite de 80 decibéis de pressão sonora. Em veículos, adesivos microperfurados com tamanho máximo de 50×40 cm. Em caso de irregularidade, a multa é a partir de R$ 2 mil, podendo chegar ao valor gasto na propaganda. campanha eleitoral segue até sábado, 6 outubro, véspera das eleições. No domingo, é o eleitor que precisa ficar atento na hora de externar a intenção de voto. Em caso de boca de urna, o eleitor é encaminhado à delegacia, onde vai responder um Termo Circunstanciado de Ocorrência. O juiz eleitoral pode determinar como pena, trabalho comunitário ou pagamento de multa. A denúncia de irregularidades em campanhas pode ser feita pelo número do Disque Eleitor, 148.


Nenhum comentário:

Postar um comentário