RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Petrobras eleva preço do botijão de gás residencial em até 9%

Foto - Diário do Nordeste 
A Petrobras revisou o preço do GLP para consumo residencial em suas refinarias em 8,5% a 9% a depender da base supridora. No ano, a alta acumulada do produto é de 2,8%. Desde janeiro, a estatal reajusta o botijão de gás trimestralmente, após reformulação na política de preços do produto - a qual funcionava de forma semelhante ao que é empregado nos combustíveis líquidos, como gasolina e diesel. Em janeiro e abril, os valores para o botijão foram reduzidos e em julho, elevados.


"A desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do GLP foram os principais fatores para a alta. A referência continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%", informa a Petrobras, no comunicado.

Suavizar impactos
A empresa ainda argumenta que a metodologia de reajuste trimestral tem o objetivo de suavizar os impactos da transferência da volatilidade externa para os preços domésticos.
Na nota enviada à imprensa, a Petrobras ressalta ainda que o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) reconhece que o preço do produto para uso doméstico deve ser "inferior" e "diferenciado" aos praticados para o GLP com outras finalidades pelo seu "interesse para a política energética nacional".

Comparativo
Também por meio de nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que "as empresas distribuidoras associadas à entidade foram comunicadas na tarde de hoje (ontem, 5) pela Petrobras que o GLP para embalagens de até 13kg ficará mais cara a partir da 0h do dia 6 de novembro".
"Pelos cálculos do Sindigás, o ajuste anunciado deixa o preço praticado pela Petrobras para as embalagens de até 13 quilos aproximadamente 29% abaixo do preço de paridade internacional. O valor do GLP empresarial está 52,4% acima do GLP para embalagens até 13kg", completa a nota do Sindigás.


Nenhum comentário:

Postar um comentário