RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Polícia identifica bandidos que morreram no confronto em Russas e prende oitavo envolvido no RN

Fotos - Blog do Fernando Ribeiro 
A Polícia já identificou os setes bandidos que morreram na troca de tiros com forças da Segurança Pública na manhã da última sexta-feira (23), durante tentativa de assalto a um carro-forte na zona rural de Russas (a 163Km de Fortaleza). Além disso, prendeu no Rio Grande do Norte um oitavo envolvido com o bando. O homem detido é apontado como apoiador da quadrilha. Participava das ações criminosas na logística e escondendo os criminosos em sua propriedade rural.


Conforme as autoridades, a quadrilha era interestadual. Dela faziam parte bandidos do Ceará e Rio Grande do Norte. O grupo se especializou em atacar bancos e carros-fortes nos dois estados e tinha como principal rota de fuga a Chapada do Apodi. Ataques ocorriram, principalmente, em Municípios do Vale do Jaguaribe. A maior parte dos criminosos transitava entre São João do Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Tabuleiro do Norte, Quixeré e Morada Nova.
Os sete bandidos mortos já identificados eram: Osiel Pinto de Sousa, o “Pio”, natural de Patu (RN); Orlando Barreto Júnior, o “Júnior Pipoca”, 29 anos, de Morada Nova (CE); Rérisson da Silva Ferreira, o “Brizola”, 29 anos, de São João do Jaguaribe (CE); Edson Ferreira da Silva, 26 anos, o “Lourinho”, de Tabuleiro do Norte (CE); Francisco Cláudio Pontes de Oliveira, 33 anos, de Ibicuitinga (CE); Gilberto dos Santos Monteiro, 36 anos, natural de Alexandria (RN); e Francisco das Chagas Batista do Nascimento, 46, de Bonsucesso, na Paraíba (PB).
Russas 210 - preso
Carlos César Vieira Torres foi preso por PMs do Cotar no RN. Dava guarida ao bando
Prisão
No fim de semana, uma equipe do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) da PM do Ceará, foi ao Rio Grande do Norte e ali prendeu o oitavo homem da quadrilha. Trata-se de Carlos César Vieira Torres, apontado como o responsável por dar guarida ao bando sempre após cada assalto praticado pelo grupo.
Na casa dele, localizada no Assentamento Vila Real, entre os Municípios de Baraúna e Maísa (RN), foram apreendidas drogas e munições de diversos calibres, incluindo de fuzis. O bando era formado por 11 criminosos e o chefe da quadrilha está foragido. Trata-se de Silvio Heleno, considerado de altíssima periculosidade e que é caçado em vários estados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário