terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Em breve daremos início as nossas transmissões via internet com som e imagem digital.

FOTO: NATINHO RODRIGUES
O Ceará vive a pré-estação chuvosa, que ocorre no último mês do ano e o primeiro do seguinte. Dezembro de 2018 foi o mais chuvoso dos últimos 29 anos, com 99,1 milímetros, 213,5% a mais que a média para o período, que é de 31,6%. Janeiro não começou com a mesma intensidade. Até aqui, foram registrados apenas 12,7 mm. A média é de 98,7. Essa realidade pode começar a mudar a partir desta terça-feira, segundo previsão da Fundação

Cearense de Pesquisa e Meteorologia (Funceme). Análises do órgão apontam para a influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) devido a uma maior proximidade desse sistema ao norte do Nordeste no decorrer da semana, o que contribuirá para a ocorrência de precipitações. Diante do atual cenário, a Funceme prevê, para hoje e amanhã, tendência de nebulosidade variável, com chuva em todas as regiões. O órgão registrou nas últimas 24 horas precipitações em 22 municípios. A maior delas aconteceu em Ipueiras, com 17,4 mm.



Nenhum comentário:

Postar um comentário