RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Seleção Brasileira vence Equador por 2 a 0 em Porto Alegre

Image-0-Artigo-2290931-1
Foto - APF
A Seleção continua imbatível nas eliminatórias para a Copa do Mundo-2018. Ontem, a equipe ficou aquém das últimas atuações, mas conseguiu vencer o Equador por 2 a 0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.Com a vitória, a nona consecutiva na competição, o time dirigido por Tite conseguiu algo imaginável há um ano. Com três rodadas de antecedência, conquistou o título simbólico do torneio -soma 36 pontos e não pode ser mais alcançado pela Colômbia. Os números alcançados pela Seleção surpreendem. Há um ano, o Brasil ocupava a sexta colocação, enquanto os equatorianos estavam na liderança. A arrancada começou justamente com uma vitória sobre os adversários desta noite por 3 a 0.

A equipe que entrou em campo no dia 1º de setembro de 2016 foi a mesma que jogou na Arena do Grêmio. Desde que assumiu o time, Tite fez apenas uma modificação por opção. Após duas rodadas, tirou Willian, que não atravessava bom momento, e colocou Philippe Coutinho.
O jogador do Chelsea só retomou a vaga de titular nesta rodada. O meia-atacante, porém, não teve uma boa atuação assim como toda a Seleção no 1º tempo. Apesar de controlar o jogo, a equipe não conseguia encontrar espaços.
Coutinho brilha
No segundo tempo, porém, tudo mudou. Não foi uma atuação brilhante, mas eficiente. Tite voltou com Thiago Silva no lugar de Miranda. Com 13 minutos, trocou Renato Augusto por Philippe Coutinho.
Dez minutos após a entrada de Coutinho, o Brasil abriu o placar, mas não teve a participação do meia. Willian cobrou escanteio e Paulinho dominou dentro da área para encher o pé e vencer Banguera.
Aos 30 minutos, Coutinho arrancou e enfiou para Gabriel Jesus, deu um chapéu no goleiro e escorou de cabeça para o ainda jogador do Liverpool ampliar.
Após os gols, os torcedores deixaram a irritação de lado e entoaram o grito de olé.