RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

LIBERTADORES NA AMÉRICA - Grêmio na final

FOTO: AGÊNCIA GRÊMIO 
O Grêmio levou um susto nesta quarta-feira diante do Barcelona-EQU, mas garantiu vaga na quinta decisão de Libertadores de sua história. Em uma Arena lotada em Porto Alegre, o time gaúcho soube jogar com a vantagem obtida em Guayaquil, após a vitória por 3 a 0 da semana passada, e confirmou a classificação mesmo com uma surpreendente derrota por 1 a 0. O time da casa foi dono da partida e manteve a posse de bola no campo de ataque durante boa parte dos 90 minutos, mas criou muito pouco e levou Renato Gaúcho à loucura. Já o Barcelona-EQU foi preciso nas duas oportunidades que teve, marcou no primeiro tempo e ainda acertou a trave no início do segundo, mas não fez o suficiente para reverter a imensa vantagem gremista. Pesou a favor do Grêmio, também, o cansaço
no segundo tempo dos visitantes, que tiveram problemas com o voo e desembarcaram em Porto Alegre somente nas primeiras horas desta quarta-feira.
Mas o time brasileiro não tinha nada com isso e repetiu o feito obtido em 1983, 1984, 1995 e 2007, quando também foi à final da Libertadores - venceu em 83 e 95. Para levantar seu terceiro troféu da competição, os tricolores terão agora que passar pelo Lanús. A primeira partida, dia 22, será em Porto Alegre. Já a grande decisão, uma semana mais tarde, acontecerá na Argentina.
Pressão
O Grêmio entrou em campo sabedor de sua vantagem e com a clara proposta de não deixar o Barcelona-EQU jogar. Rapidamente, o time da casa ganhou o campo de ataque e passou a criar algumas oportunidades.
Arthur e Luan eram os donos da bola no meio de campo, mas o Barcelona-EQU apostava na velocidade de seus pontas sempre que possível.
Edílson sofria com Marcos Caicedo e foi por ali que o time equatoriano abriu o placar.
Aos 32 minutos, Caicedo recebeu na área pela esquerda, ganhou na dividida de Edílson, cortou Geromel e deixou Arthur no chão antes de cruzar. Kannemann conseguiu tirar em um primeiro momento, mas a sobra ficou com Jonatan Álvez, que dominou e fuzilou para a rede.
O gol diminuiu um pouco o embalo da torcida, mas apenas por três minutos. Aos 18, Luan ficou com a sobra após erro de Díaz e bateu cruzado, mas a bola passou por todo mundo.
O cansaço já tomava conta do Barcelona-EQU e o Grêmio aproveitou para criar as oportunidades. Aos 29, Edílson levou a melhor pela direita e cruzou. A bola passou por Banguera, mas Arreaga salvou em cima da linha.
Três minutos depois, Jael recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou na trave. Nada que impedisse a grande festa da torcida na Arena após o apito final do árbitro argentino.