RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

quinta-feira, 29 de março de 2018

Sistema responsável por chuvas intensas retorna

Foto: Kid Júnior
Um Vótice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) associado à Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no período invernoso do Ceará, que tinha se afastado e agora está de volta, além da diminuição da estabilidade atmosférica deverão continuar provocando boas chuvas durante o feriadão. O quadro favorável às precipitações já foi notado no intervalo entre as 7h dessa terça-feira para as 7h dessa quarta-feira, quando Mauriti registrou 155mm, seguido de Milagres com 148mm. Os dados são da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Fuceme)

Entretanto, além do Sul do Estado, o Vale do Jaguaribe também registrou um volume considerável de chuvas. Quixeré recebeu 135mm. Noutros municípios daquela região, como Russas, por exemplo, os postos Capim Grosso e Sítio Timbaúba Macoré registraram respectivamente, 105mm e 97,3mm. Além de ter chovido em 81 municípios no intervalo referido acima, no dia, anterior choveu em 95 cidades, se concentrando mais as nuvens na Zona Norte. Foram 10 municípios a mais em relação ao início da semana.
Nuvens
Para o meteorologista David Ferran, da Funceme, o quadro positivo atual é por conta de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (Vacan), sistema de baixa pressão com circulação horária a aproximadamente 12km de altura, que está atuando no Centro-Sul do Nordeste brasileiro, na Bahia, com nuvens sobre o Estado do Ceará, principalmente no litoral, associadas à ZCIT próxima à costa norte.
O quadro ainda continua crítico na região Jaguaribana, no Sertão Central e nos Inhamuns, onde tem chovido menos. Nessas regiões, a maioria dos açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) está quase seca. O Castanhão, maior do Estado, estagnou nos 3,81%; o Orós, segundo maior, está com 6,27% da sua capacidade e o Banabuiú, atingiu o nível crítico de 0,42%.
Sangrando
Mesmo assim, já são nove o número de açudes no Interior do Ceará monitorados pela Cogerh com volume superior aos 90%. Sete estão sangrando. São eles: Acaraú Mirim, em Massapê; Caldeirões, em Saboeiro; Itaúna, em Granja; Tucunduba, em Senador Sá; Germinal, em Palmácia; o Tijuquinha, em Baturité e o Colina, em Quiterianópolis, que chegou a secar completamente na atual estiagem