RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Idosos eram vítimas de golpe de empréstimos, em Ibaratema

Image-0-Artigo-2447248-1
Foto: Alex Pimentel
Mais de 70 cartões magnéticos apreendidos e um correspondente bancário preso. Esse foi o resultado da "Operação Senes", realizada por equipes da Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (30), nesta cidade do Sertão Central, a 141Km de Fortaleza. A ação tinha por objetivo desbaratar um esquema criminoso de estelionato. O alvo da ação era o responsável pelo estabelecimento de empréstimos Augusto César de Araújo Barreto, 43. De acordo com o delegado municipal da Regional de Quixadá, Ícaro Gomes Coelho, à frente dos trabalhos investigativos, Augusto César foi preso na residência dele, onde também foram encontrados todos os cartões e outras provas da ilicitude praticada por ele.
Como não houve flagrante de estelionato, foi enquadrado no Estatuto do Idoso, por reter o cartão magnético de conta bancária relativa a benefícios, proventos ou pensão.
Entretanto, apesar de as análises dos documentos coletados ter apenas iniciado, já há elementos para indiciá-lo também por estelionato contra idosos, passando a pena para até cinco anos de reclusão, acrescentou o delegado. Informou ainda não ser possível apontar o montante financeiro dos golpes, os quais devem ter iniciado em 2016. Até faturas de cartões de crédito de algumas vítimas, eram endereçadas ao estabelecimento dele.
Durante as buscas ainda foram encontrados 15 cadernos com anotações de controle de saldos bancários. Havia, também, centenas de extratos. Augusto César mantinha todo esse controle porque se aproveitando da fragilidade dos "clientes", muitos não alfabetizados, tinha em seu poder até as senhas.
Com o dinheiro do golpe estava mantendo um padrão de vida melhor. A casa dele tem quartos climatizados, sistema de vídeomonitoramento e até uma requintada churrasqueira, ressaltaram policiais que participaram da Operação, que recebeu título "Senes", que, em latim, significa idoso.
Revolta
Revoltadas, algumas vítimas que estavam até passando necessidades básicas, denunciaram o estelionatário. "Eu só não morri de fome porque meus vizinhos me ajudaram", desabafou uma viúva, pensionista, de 78 anos. Ela viu o movimento dos policiais no estabelecimento onde foi lesada. Ficou aliviada ao saber da prisão do proprietário. Nervosa, pediu para não ter o seu nome revelado

Nenhum comentário:

Postar um comentário