RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

terça-feira, 4 de setembro de 2018

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo é prorrogada até 15 de setembro

Para cumprir a meta, o Ceará precisa aplicar 509.183 doses de vacina. (Foto: Divulgação)
Foto - divulgação 

Ceará ainda não conseguiu atingir a meta de 95% do público-alvo na Campanha Nacional contra o Sarampo e a Poliomielite. Até o sábado (2), quando ocorreu o segundo Dia D da Campanha de Vacinação, o estado atingiu 92,32% e 93,53% de vacinação contra o a pólio e o sarampo, com 470.012 e 471.150 doses aplicadas, respectivamente, de acordo com o Ministério da Saúde. Das 509.183 crianças de um a cinco anos incompletos, a meta é imunizar, no mínimo, 483.724.


"Cada criança não vacinada coloca em risco a sua vida e, também, a de todas as crianças do seu convívio. A criança que segue o esquema vacinal fica protegida contra muitas doenças graves que ainda circulam no país e no mundo”, explica Vanessa Soldatelli, coordenadora de imunizações da Secretaria de Saúde do Município,

Para estados e municípios que não conseguiram atingir a meta, o Ministério da Saúde decidiu prorrogar a campanha até o dia 15. Até o momento, mais de 1,3 milhão de crianças de todo o país não recebeu o reforço dessas vacinas. A recomendação é que estados e municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado. Mais de 19,7 milhões de doses das vacinas foram aplicadas, cerca de 9,8 milhões de cada.

Campanha
Para a poliomielite, as crianças que ainda não tomaram nenhuma dose da vacina na vida serão vacinadas com a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). As crianças que já tiverem tomado uma ou mais doses receberão a gotinha (Vacina Oral Poliomielite - VOP). Em relação ao sarampo, todas as crianças devem receber uma dose da vacina tríplice viral, independente da situação vacinal. A exceção é para as que tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias, que não necessitam de uma nova dose.

O Ministério da Saúde oferta todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao todo, são 19 para combater mais de 20 doenças, em todas as faixas etárias. Por ano, são cerca de 300 milhões de doses de imunobiológicos distribuídos em todo o país.



Nenhum comentário:

Postar um comentário