RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Quadrilha rouba moto em Orós, pratica assalto em Jaguaribe, e um morre em confronto com a Polícia

Foto - Honório Barbosa / Diário Centrol Sul 
Uma quadrilha armada em duas motos tomou de assalto na zona rural de Orós uma motocicleta e na manhã desta quarta-feira, 26, por volta das 11 horas, atacou uma loja de serviços bancários ‘Chegue Pague’, no distrito de Nova Floresta, no município de Jaguaribe.Militares do destacamento de Orós, com apoio da Força Tática de Jaguaribe e BP Raio de Icó participaram da ação de busca aos criminosos. Um dos integrantes da quadrilha foi apontado como José Igor da Silva, 25 anos, conhecido por Mochila, que mora na cidade de Orós e que já responde por tráfico de drogas,    porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha.


‘Mochila’ confessou a participação no roubo da moto e no assalto em Jaguaribe e disse que as armas e o dinheiro do roubo estariam com o seu irmão, Iracildo, Diogo e com mais dois indivíduos, na localidade de Pantanal, nas proximidades do sítio Condado, em Orós.
Os policiais se dirigiram até a localidade ontem às 18 horas quando houve o confronto com os acusados. O irmão de ‘Mochila’, José Iracildo Alves da Silva, 20 anos, foi alvejado, socorrido para o Hospital de Orós, morreu em seguida.
Os policiais apreenderam um revólver calibre 38, com cinco munições deflagradas, um capacete e roupas utilizadas nos assaltos. Três criminosos acabaram fugindo do cerco policial. Mochila foi o único preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Orós. O Girlando Pereira investiga o caso e os policiais tentam localizar o restante da quadrilha.
O delegado municipal de Orós, Girlando Pereira iniciou investigações visando chegar ao restante da quadrilha de assaltantes que conseguiu fugir na noite de ontem em meio ao confronto com policiais militares. Pelo menos três integrantes já teriam sido identificados.
José Igor, o Mochila já havia sido preso em uma operação da Polícia Militar na madrugada do dia 11 de janeiro de 2013, no sítio Catolé, no município de Jaguaribe, com mais três comparsas, com três revólveres, 19 munições, duas motos e 15 pinos de cocaína vazios.
Na época da prisão da quadrilha em que Mochila fazia parte, a Polícia Militar revelou que os delinquentes eram suspeitos de assaltos, tráfico de drogas e crimes de pistolagem nos municípios de Jaguaribe, Icó e Orós.
Com colaboração do correspondente Richard Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário