terça-feira, 2 de outubro de 2018

Ibope: Bolsonaro cresce e supera 30%

info
Imagem - Diário do Nordeste 
O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, cresceu quatro pontos percentuais e chegou a 31% das intenções de voto, segundo o Ibope, ampliando para dez pontos a vantagem sobre o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que se manteve estável com 21%. Trata-se da maior distância entre os dois desde 18 de setembro, quando foi feito o primeiro levantamento que captou a oficialização do ex-prefeito de São Paulo como candidato petista, no lugar de Lula.

Além de não ter elevado seu patamar em uma semana, a nova pesquisa trouxe outra má notícia para Haddad: a alta de sua rejeição, que saltou 11 pontos - era de 27% na quarta e chegou a 38% ontem. A rejeição a Bolsonaro ficou estável, em 44%.
O crescimento do candidato do PSL coincide com a intensa exposição de seu nome no fim de semana - os eleitores foram entrevistados no sábado e no domingo. Atos contra o capitão da reserva foram organizados por todo o País no sábado. O movimento foi capitaneado por mulheres e chamado por redes sociais, com o título #EleNão.
Em resposta, apoiadores de Bolsonaro fizeram carreatas em diversos estados. Também no sábado, o deputado recebeu alta do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 7 de setembro, após ser atacado com uma facada em Juiz de Fora (MG).
Já a estagnação de Haddad e o aumento de sua rejeição podem ser um efeito reverso da mesma fórmula que o alçou ao segundo lugar: a intensa associação de seu nome ao de Lula. Adversários, como Geraldo Alckmin (PSDB), têm explorado a participação de Haddad no governo do petista e escândalos de corrupção no governo federal que foram desvendados pela Operação Lava-Jato. Na última semana antes do primeiro turno, os principais institutos vão divulgar pesquisas para presidente em dias alternados. Nesta terça-feira, um novo levantamento do Datafolha será divulgado às 19h. Na sondagem anterior, de sexta-feira, Jair Bolsonaro (PSL) tinha 28%, enquanto Fernando Haddad (PT) aparecia com 22%.
Na quarta-feira, será a vez de o Ibope divulgar novos números, para presidente e para governador do Rio. Já na quinta-feira, haverá uma nova rodada de pesquisas do Datafolha, com números da disputa presidencial. No sábado, véspera da eleição, Ibope e Datafolha vão divulgar novos dados do pleito presidencial.
Ciro
Bolsonaro e Haddad estão numericamente empatados em uma simulação de segundo turno, apontou a pesquisa do Ibope. O candidato do PSL melhorou seu desempenho contra os quatro adversários testados pelo instituto. Bolsonaro cresceu 4 pontos e chegou a 42% das intenções de voto, mesmo percentual obtido por Haddad, que se manteve estagnado também nos 42%.
Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado, é o único que vence o capitão em uma simulação de segundo turno. Ciro oscilou positivamente um ponto percentual, chegando a 45% das intenções de voto. Enquanto isso, Bolsonaro cresceu 4 pontos e chegou a 39%, reduzindo a vantagem do pedetista para seis pontos.
Contra Alckmin, o candidato do PSL cresceu três pontos percentuais, chegando a 39%. Alckmin oscilou positivamente dois pontos e ficou com 42%. Os dois estão empatados tecnicamente.
Bolsonaro também ampliou a vantagem sobre Marina Silva (Rede) acima da margem de erro pesquisada pelo Ibope. O capitão da reserva tem 43% das intenções de voto, crescendo 3 pontos. Já a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente durante o governo Lula manteve os 38% registrados no levantamento anterior. Brancos e nulos, nesse caso, são 17%

Nenhum comentário:

Postar um comentário