RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE

RÁDIO PORTAL FM DE CATARINA ONLINE - WHATSAPP E CELULAR - (88) 9-8832-5446

domingo, 25 de novembro de 2018

Cedro registra chuva de 160 mm neste sábado; voltou a chover bem na região Centro-Sul do Ceará

Em Várzea da Conceição pequeno açude transborda com chuva de 160mm. Fotos de Ernandes Camilo
Voltou a chover pelo segundo dia seguido em municípios da região Centro-Sul do Ceará. Em Cedro, há registro de chuvas elevadas: Varzea da Conceição (160mm); Varjota (140mm); Santo Antônio (105 mm); Manoel Alexandre (90mm); Pitombeira (85 mm); Oiticica (80 mm); Vila Operária (80mm); Caiana (58mm); Candeias (55mm) e Lagedo (40mm). As informações são extraoficiais por meio de pluviômetros particulares de

produtores rurais, que podem apresentar divergências de leitura em relação aos equipamentos oficiais, credenciados pela Funceme. 
Em Cedro, as chuvas mais intensas ocorreram na zona rural. Açudes pequenos que estavam secos receberam as primeiras recargas de água. Não há relatos de danos materiais. Os moradores estão contentes com as precipitações de pré-estação, que normalmente ocorrem a partir da segunda quinzena de dezembro. Neste ano, vieram mais cedo.

O radialista e assessor de Imprensa da Prefeitura de Cedro, Marciel Bezerra,confirmou a ocorrência das chuvas intensas na zona rual do município. “Recebemos relatos, fotos, vídeos por meio das redes sociais e em várias localidades há pluviômetros particulares que confirmam os índices elevados de chuva”, pontuou. “Não temos informações de ocorrência de danos”.
Em Iguatu, houve registro de 27 mm, no posto oficial da Funceme, segundo pluviômetro instalado no escritório regional da Ematerce. Na zona rural, medidores particulares assinalaram chuva em torno de 44mm na Lagoa de Iguatu.
A Funceme informou que não divulga neste fim de semana boletim das chuvas. A atualização só ocorrerá na próxima segunda-feira, 24.

Zona de Convergência 
O meteorologista e chefe da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz Teixeira, explicou que há possibilidade de continuar chovendo até o fim do mês em todo o Estado e o principal fator é a aproximação da ZCIT da costa do Nordeste.“Houve uma a proximidade da Zona de Convergência que desceu um grau do Equador e associada às áreas de instabilidades e condições atmosféricas favoráveis (vento, umidade do ar) houve a formação de nuvens de chuvas”, explicou.
Raul Fritz observou que não é comum nesta época do ano a aproximação da ZCIT da costa do Nordeste. “Não é frequente e estamos analisando os fatores, buscando uma explicação”, observou. Para o período de pré-estação chuvosa geralmente ocorrem formação de Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis e influência de sistemas frontais de zona de confluência do Atlântico Sul (frente fria) a partir da Bahia que traz chuvas para o Sul do Estado (Cariri cearense).

A ZCIT é uma banda de nuvens que circunda a faixa equatorial do globo terrestre, formada principalmente pela confluência dos ventos alísios do hemisfério norte com os ventos alísios do hemisfério sul. É o principal sistema que provoca precipitações durante a quadra chuvosa (fevereiro a maio) no Ceará.

Por - Honório Barbosa 



Nenhum comentário:

Postar um comentário