VOCÊ ESTÁ OUVINDO A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - WHATSAPP (88) 9-8854-7627

VOCÊ ESTÁ OUVINDO A RÁDIO CATARINA FM ONLINE - WHATSAPP (88) 9-8854-7627
CLIQUE NA IMAGEM E BAIXE O RÁDIOS NET E LEVE A RÁDIO CATARINA FM ONLINE COM VOCÊ

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Vice-prefeita de Acopiara entra em rota de colisão com a gestão municipal e crítica precariedade na Saúde: ‘Não posso ficar no hospital assistirem vocês morrerem’

Foto - Honório Barbosa / Diário Centro Sul 
A vice-prefeita de Acopiara Dra. Ana Patrícia Lima Barbosa, médica mastologista, diretora do Hospital Geral de Acopiara, parece caminhar para um rompimento com oprefeito, Antônio Almeida. A julgar pelo pronunciamento dela, na última sessão do ano legislativo, na Câmara Municipal, em que apresentou duras críticas contra o sistema local de Saúde, o atendimento no Hospital Geral e indagou acerca do destino de uma verba no valor de R$ 120 mil conseguidos por ela para a implantação de duas clínicas no hospital.


Dra. Ana Patrícia pontuou em pronunciamento no Legislativo que os vereadores têm por obrigação legal fiscalizar as obras, as unidades de saúde e o hospital e o setor de saúde do município. “Vocês podem precisar (atendimento) e vir a morrer por falta de assistência. Tudo o que eu pude fazer para melhorar a saúde, eu fiz. Se eu não posso mais ajudar vocês, o que eu faria dentro daquele hospital? Assistirem vocês morrerem? Eu consegui uma verba para o município no valor de R$ 120 mil e eu quero saber o que foi feito com esse dinheiro. Como vice-prefeita de Acopiara eu não posso admitir ver vocês morrerem. Eu não posso assistir uma péssima saúde empregada em nosso município”, afirmou em clima de revolta, a vice-prefeita.

O blog solicitou da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Acopiara esclarecimentos acerca do pronunciamento da vice-prefeita, mas ainda não obteve retorno.



Nenhum comentário:

Postar um comentário